Adiamento de provas divide professores

Quando o ministro da Educação voltou atrás na decisão e anunciou que as provas de aferição não seriam obrigatórias já este ano letivo, foram várias as vozes da oposição que se manifestaram publicamente contra a «incapacidade de ação» do ministro, como na altura lhe chamou a presidente do CDS, Assunção Cristas. As provas de aferição…